Correio dos Campos

Morador vende telefone celular e cai no golpe da transferência

Transferência de R$ 1.350 não entrou na conta do vendedor
21 de Maio de 2020 às 09:09
Imagem ilustrativa (foto: Cruzeiro do Oeste)

O morador de Jesuítas foi até a Delegacia de Polícia Civil de Cascavel para registrar um boletim de ocorrência após vender um celular.

Segundo informado à equipe, o homem anunciou um celular no valor de R$ 1.250. O comprador entrou em contato e fechou a venda. Além do valor do celular, ele também pagaria R$ 80 para o vendedor levar o aparelho a Cascavel.

No local marcado, próximo ao Ceasa, o telefone foi entregue no sábado (16). O pagamento foi feito em transferência bancária e o comprovante enviado. O homem foi informado de que em aproximadamente 40 minutos o dinheiro estaria na conta, mas após consulta o valor não estava lá.

A vítima entrou em contato com o comprador. Ficou acordado que uma nova transferência seria feita na segunda-feira (18), o que também não aconteceu.

Diante disso, o morador foi à Delegacia de Polícia de Jesuítas e após registro o caso foi encaminhado à Cascavel.

A Polícia Civil deve investigar o caso.

Fonte: Catve