Correio dos Campos

Geraldo Stocco cobra melhorias para ciclomobilidade de PG

Vereador realizou audiência pública sobre o tema há um ano e até agora aguarda ações da Prefeitura
14 de agosto de 2019 às 16:34
(Divulgação/Kauter Prado/CMPG)

COM ASSESSORIAS – O vereador Geraldo Stocco (Rede) ainda aguarda melhorias para o setor de ciclomobilidade em Ponta Grossa. Há exatamente um ano, o parlamentar convocou uma audiência pública para discutir o tema e até o momento aguarda ações por parte da Prefeitura. Na opinião do vereador, a ciclomobilidade não é prioridade para o município. Uma nova audiência será convocada para discutir o tema.

No evento anterior estiveram presentes várias autoridades e especialistas do setor, entre eles o ex-vereador de Curitiba (e agora deputado estadual) Goura Narataj (PDT), que encabeça uma série de discussões sobre ciclomobilidade. Para Stocco, a Prefeitura em nada avançou depois da audiência convocada por ele. “Infelizmente não houve nenhuma ação efetiva por parte do município no que diz respeito às reivindicações da nossa audiência pública”, contou.

Stocco lembra que Maringá, por exemplo, é uma cidade que tem se tornado exemplo no assunto. “Nós apresentamos uma série de ações que poderiam ser adotadas em Ponta Grossa. Além de mobilidade urbana, a aposta na ciclomobilidade também é um incentivo à práticas mais saudáveis e sustentáveis”, disse Stocco.

O vereador lembrou que, além da faixa compartilhada na avenida Dom Geraldo Pellanda em Uvaranas, Ponta Grossa não tem nenhuma medida mais efetiva para o setor. “Propusemos, por exemplo, a criação de uma ciclovia entre o Terminal Central e o Campus Central da UEPG, que iria ajudar tanto estudantes, como trabalhadores”, explicou Geraldo.

Ofício

Logo após a audiência pública, realizada em 2018, Stocco enviou ao prefeito Marcelo Rangel (PSDB) um ofício com as reivindicações elencadas no encontro. Até o momento, segundo o vereador, nenhuma das medidas propostas foi efetivada.