Correio dos Campos

Pessoas em situação de rua passam a contar com plantão para atendimento, resgate e encaminhamento

Serviço está sendo disponibilizado em época de frio, a partir do outono
2 de Maio de 2019 às 15:04

IMPRENSA/Ponta Grossa – Ponta Grossa é conhecida pelas baixas temperaturas que começam a cair a partir de outono, é a época que os casacos e cobertas começam a sair dos armários para aquecer o corpo. Mas e a população de rua como faz? A Prefeitura Municipal realiza doações de mantas, agasalhos e comidas para aquecer, e neste ano terá mais uma novidade para auxiliar os que mais precisam. O Serviço Especializado em Abordagem Social, ligado a Fundação Municipal de Assistência Social (Faspg), passou a disponibilizar um telefone de plantão, onde os munícipes poderão entrar em contato caso encontrem alguém dormindo na rua, nas noites geladas da cidade. As chamadas devem ser feitas para o 42 98872-3820.

Assim que o plantonista receba a ligação uma equipe será deslocada para o atendimento, verificando as condições da pessoa e realizando encaminhamento para abrigo, quando necessário. “Este telefone será exclusivo para o atendimento. É importante que a população esteja ciente da importância de não passar trotes, para que o serviço seja eficiente e preciso. Quando o munícipe entrar em contato, é necessário que seja informado, corretamente, o local que o cidadão está, desta maneira a equipe chegará mais rápido até a situação”, destaca a presidente da Faspg, Simone Kaminki.

O Serviço Especializado em Abordagem Social é ofertado de forma continuada e programada, com a finalidade de assegurar trabalho social de abordagem e busca ativa que identifique, nos territórios, a incidência de situações de risco pessoal e social, por violação de direitos, como: trabalho infantil, exploração sexual de crianças e adolescentes, situação de rua, uso abusivo de crack e outras drogas, dentre outras. O público do serviço de abordagem são: crianças, adolescentes, jovens, adultos, idosos e famílias em situação de risco pessoal e social que utilizam os espaços públicos como forma de moradia e/ou sobrevivência.

A Prefeitura também conta com outros serviços para o público em situação de rua, que é através do Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua (Creas Pop). Esta população pode procurar a equipe técnica próximo a rodoviária, rua Tobias Monteiro, 74 – Centro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. “O atendimento é sempre visando atender a demanda das necessidades mediatas, como alimentação, que é oferecido o café da manhã e o lanche da tarde, e distribuído os tíquetes de almoço, pois os usuários almoçam no Restaurante Popular, mas também demanda quanto a higiene, são distribuídos kits de higiene pessoal, para uso aqui no serviço, por exemplo”, explica a diretora do departamento de Proteção Social Especial, Thais Verillo.

No Centro Pop os usuários também têm acesso a espaços de guarda de pertences e provisão de documentação civil. “Oferecemos atendimento e acompanhamento técnico para análise das demandas dos usuários, através de entrevista de escuta qualificada e orientação individual e em grupo. Articulamos e encaminhamos a outros serviços socioassistenciais e demais políticas públicas, com vistas a garantia de direitos da população em situação de rua”, completa a diretora. Hoje, são realizados uma média diária 150 atendimentos no local.