Correio dos Campos

Prefeitura passa a confirmar agendamentos de consultas através de aplicativo

A plataforma chamada de ‘digiSus’ já está em funcionamento e pode ser baixado por qualquer usuário
20 de fevereiro de 2019 às 22:37
(Divulgação/PMPG)

IMPRENSA/Ponta Grossa – O digiSus é uma plataforma móvel, disponibilizada pelo Ministério da Saúde (MS), com base nos dados que os serviços alimentam, onde o cidadão tem acesso as principais informações ligadas a área de saúde. A função destaque do aplicativo é agilizar o retorno dos agendamentos de consultas, hoje feito por um sistema de informação também do MS. Este aplicativo está vinculado ao Sistema Único de Saúde (SMS) e Ponta Grossa passou a utilizar este ano.

“As consultas encaminhas pelas Unidade Básicas de Saúde para o Complexo Regulador passam por um processo de validação. Após o término deste processo o usuário receberá as informações com data, profissional que realizará o procedimento ou consulta e o local onde deverá comparecer, tudo através do aplicativo. Isso vai facilitar a comunicação entre os serviços de saúde e o usuário”, explica o secretário adjunto da Secretaria Municipal de Saúde, Robson Xavier.

Além dessa facilidade a plataforma também disponibilizará informações relacionadas aos tratamentos e acompanhamento que são feitos aos pacientes, principalmente sobre os medicamentos utilizados por eles e a lista de vacina que recebeu na Unidade Básica de Saúde (UBS) de referência. “O MS ainda está adequando outras informações para poder disponibilizar aos usuários para que tudo seja acessado por intermédio do aplicativo, inclusive o prontuário eletrônico”, completa Xavier.

O aplicativo é seguro, todas as informações serão acessadas por senhas, através do aparelho móvel do usuário. “Não há preocupação quanto a perder ou extraviar informações. Por isso estamos divulgando este aplicativo, desta maneira as pessoas podem utilizar, facilitando a comunicação dos serviços de saúde com os usuários”, ressalta o secretário.

Para que o digiSus seja efetivo é necessário que o usuário tenha seus dados cadastrais atualizados, por exemplo, telefone e endereço. Caso estejam desatualizados, basta procurar a UBS mais próxima ou repassar as informações para os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e solicitar a atualização dos dados. Ponta Grossa já está com 100% das UBS informatizadas e utilizam o prontuário eletrônico do cidadão. “Estamos avançados se comparados a outros municípios. Há uma perspectiva que no ano de 2020 todas as informações de saúde estejam integradas, tanto os serviços públicos, quanto os privados. Estamos nos antecipando”, destaca Robson.

Segundo ele é importante que a população saiba que o agendamento continuará sendo realizado nas UBS. “Os agendamentos partem da UBS, passam pelo médico clínico e realizam o encaminhamento através do Complexo Regulador para consulta especializada. Feito o agendamento, o usuário receberá imediatamente uma comunicação, com uma senha de acesso no aplicativo”, finaliza o secretário adjunto.