Correio dos Campos

Operário lança programa social Família Alvinegra

Fantasma irá apoiar e divulgar diversos projetos ao longo deste ano.
22 de Maio de 2018 às 18:42
Foto: José Tramontin/OFEC

BIANCA MACHADO/Operário – O Operário Ferroviário lançou, na tarde desta terça-feira (22), o programa Família Alvinegra, que reforça a responsabilidade do clube com as questões sociais de Ponta Grossa. O anúncio foi feito pelo Presidente do Grupo Gestor do Operário, Álvaro Góes, em coletiva de imprensa.

O Família Alvinegra é a Divisão de Projetos Sociais do Operário Ferroviário. Durante o ano de 2018, o Fantasma irá apoiar diversas causas do município por meio de campanhas de conscientização e ações dentro e fora de campo. Um dos objetivos é chamar a atenção da torcida alvinegra para os projetos sociais.

Na coletiva, o presidente Álvaro Góes falou sobre o programa. “O Operário hoje não é só futebol, também temos ações fora de campo. Chegou a hora de chamarmos a atenção para as questões sociais da nossa cidade. Este programa é apoiado pela CCR RodoNorte e, juntos, vamos apoiar e divulgar diversos projetos. O que fazemos dentro de campo é muito importante, mas agora também precisamos fazer a nossa parte fora de campo”.

Ação com a Vara da Infância e Juventude de Ponta Grossa

A primeira parceira da Família Alvinegra é a Vara da Infância e Juventude de Ponta Grossa. O clube irá apoiar o Família Acolhedora, o Lar Afetivo, o Adoção Tardia e o Novo Amigo, programas da Vara relacionados a adoção, apadrinhamento e acolhimento familiar de crianças e adolescentes.

Na partida deste domingo (27) entre Operário e Botafogo-SP, pelo Campeonato Brasileiro da Série C, os atletas do clube alvinegro entrarão em campo com crianças e adolescentes assistidos pela Vara. O objetivo é divulgar os programas e chamar a atenção da torcida para a causa.

A Juiza da Vara da Infância e Juventude de Ponta Grossa, Dra Noeli Reback, falou sobre a parceria com o programa Família Alvinegra. “Agradeço ao Operário e a CCR RodoNorte por nos procurarem para apresentar este projeto. Eu sei que é algo grande, que pretende alcançar muitas áreas sociais do nosso município. Então, agradeço ao Álvaro por ter alçado os olhos primeiro às nossas crianças e aos nossos adolescentes, que precisam do apoio social”.