Correio dos Campos

Transporte Coletivo – Prefeitura deve implantar tarifa diferenciada em abril

26 de fevereiro de 2018 às 19:40

IMPRENSA/Ponta Grossa – A Prefeitura de Ponta Grossa deve implantar, ainda no mês de abril, a tarifa diferenciada do transporte coletivo. A medida consiste na operação de dois valores de passagem, um voltado aos usuários do cartão transporte, e outro destinado aos pagamentos em dinheiro. A decisão leva em conta os apontamentos Conselho Municipal de Transporte (CMT), além de estudos técnicos da Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT), e tem como objetivo garantir a estabilidade do sistema de transporte coletivo de Ponta Grossa, diminuindo a necessidade de grandes reajustes e realizando a manutenção dos benefícios disponíveis aos usuários atualmente.

Segundo a (AMTT), com a utilização do cartão transporte, será possível manter o serviço operando com qualidade, além de promover agilidade e mais segurança aos passageiros, inibindo a possibilidade de assaltos aos ônibus que circulam pelo município.

De acordo com o presidente da AMTT, Roberto Pellissari, a orientação é de que os usuários do transporte coletivo realizem a migração para o sistema digital nos próximos 40 dias, prazo estimado para a implantação da mudança. “Essa medida foi sinalizada ainda no início do mês de fevereiro, após a conclusão das análises do CMT em relação aos custos do transporte e, de lá para cá, temos estudado a viabilidade dessa mudança. Com ela, acreditamos que seja possível manter e, principalmente, ampliar a qualidade do serviço, mantendo o repasse de custos sem a necessidade de grandes reajustes. Ainda não temos definidos quais podem ser os valores, mas a previsão é de que a ação seja implantada nos próximos 40 dias. Por isso, a orientação é de que todas as pessoas que ainda não dispõe do cartão transporte, antecipem-se e dirijam-se ao terminal central para realizar os procedimentos necessários para a sua confecção, que é gratuita”, declara.

Cartão Transporte

De acordo com a AMTT, para a confecção do cartão transporte é necessário que os usuários do transporte coletivo se dirijam até o ponto de vendas do terminal central, munidos de documento de identificação e um comprovante de residência. O processo é feito na hora e não é necessário o pagamento de nenhuma taxa.