Correio dos Campos

Jovem é indiciada por aplicar golpe do auxílio emergencial

16 de Maio de 2020 às 08:13
(Divulgação/AGÊNCIA BRASIL)

Uma jovem, de 29 anos, foi indiciada por aplicar o golpe do auxílio emergencial em uma mulher de 59 anos, em Peruíbe, no litoral paulista. Segundo a Polícia Civil, a golpista se aproveitou da simplicidade da vítima e também do fato de serem conhecidas, por morarem em casas próximas.

De acordo com a polícia, a vítima é amiga da sogra da suspeita. As investigações apontam que a jovem ofereceu ajuda à conhecida para entrar com o pedido de auxilio emergencial. De boa fé, a vítima entregou seu documento de identidade para ela. Porém, depois de alguns dias, a mulher questionou a autora do crime a respeito do dinheiro, mas foi informada de que a solicitação não tinha dado certo.

Desconfiada, a mulher foi até o banco para sacar o auxilio emergencial no valor de R$ 600. Foi quando descobriu que o dinheiro já havia sido sacado e percebeu que foi vítima de um golpe. Em seguida, procurou a delegacia.

Com a denúncia, os policiais civis identificaram que a jovem, se passando como prestativa, oferecia ajuda a pessoas menos esclarecidas para realizar o cadastro no site do governo e fazer o pedido de ajuda emergencial, entretanto, ela cadastrava sua própria conta corrente como favorecida.

Após diligências investigativas, o Setor de Investigações Gerais (SIG) de Peruíbe localizou a autora do golpe. Segundo as autoridades, ao ser interrogada, a jovem confessou o delito e foi indiciada.

O crime é caracterizado como delito patrimonial com relação ao auxílio emergencial do governo. O caso foi esclarecido nesta sexta-feira (14) pelos delegados Marcos Roberto e Arilson Brandão, e pelos policiais Anderson Lomenzo, Adriana Lacerda e Vinicius Pane, todos da Delegacia Sede de Peruíbe.

De acordo com a equipe da Polícia Civil, diligências serão realizadas para descobrir se há outras vítimas.

Fonte: G1