Correio dos Campos

Superação de “subidas” de Arapoti foi destacada por corredores no Desafio de Rua CAPAL

11 de Maio de 2019 às 15:55
Apesar das dificuldades no trajeto, corredores concluíram percurso. (Divulgação/CAPAL)

COM ASSESSORIAS – Antes mesmo do sol raiar, participantes do 6º Desafio de Rua CAPAL compareceram no feriado do Dia do Trabalhador em frente à sede da cooperativa, em Arapoti (PR). Desta vez eles acordaram cedo não para cumprir expediente, mas sim, uma atividade esportiva: em pouco mais de uma hora, a rua Saladino de Castro estava repleta pelos cerca de mil inscritos na corrida, que disputaram as modalidades de 5 e 10 quilômetros, além da caminhada.

O soldador Antônio Inácio de Oliveira, cearense que mora em Arapoti há 27 anos, foi o vencedor da corrida na modalidade 5 km, na categoria entre 40 e 49 anos. “Essas subidas são difíceis, ainda mais porque não tive muito tempo para treinar. Mas graças a Deus tive o prazer e a honra de conseguir essa vitória”. Ele treinou apenas nos últimos 15 dias antes da corrida, porém, o que colaborou para o seu sucesso foi a prática do ciclismo, esporte em que já tem experiência.

Apesar de não ter vencido, Clovis Matoso, produtor rural de Itararé (SP), estava feliz por ter participado do evento. Ele foi o segundo lugar da modalidade de 10 km, completando o trajeto em 39 minutos. “Essa é a terceira vez que corro, gosto muito dessa prova por ter uma subida forte e ser bem organizada”.

A competição foi aberta para funcionários da cooperativa e para a comunidade. A assistente administrativa da CAPAL, Gesibel Ferreira Rosa, disputou a modalidade de 5 km, vencendo com pouco mais de 23 minutos na categoria 16 a 29 anos. Esse é o quarto desafio que ela participa e, em cada edição, estipula uma meta. “A primeira corrida fiz em 28 minutos e fui baixando. Tinha colocado que concluiria em 25 minutos e consegui em 23”.

Ronaldo Adriano Leite trabalha na unidade de Ibaiti no setor de rações e venceu na modalidade de 5 km, na categoria de 30 a 39 anos. “A maior dificuldade é a subida, treinei no último mês somente, sofri um pouco, mas fiz o trajeto em 21 minutos. Se eu treinasse mais, o faria pelo menos em 18 minutos”.

A corrida conta com a presença de competidores de cidades do Paraná e São Paulo, com a verificação do tempo via chip. Os resultados dos competidores podem ser conferidos em www.chronomax.com.br. No site, é possível acompanhar o vídeo da chegada de cada participante e baixar o certificado. Os melhores colocados conquistaram prêmios em dinheiro. Os corredores que completaram a prova receberam medalhas.

Sucesso

O diretor-presidente do Conselho de Administração da CAPAL, Erik Bosch, elogiou o trabalho de organização. “Gostaria de parabenizar o trabalho da nossa equipe, que foi muito bem feito, tudo bem organizado”.

Bosch, assim como o presidente-executivo Adilson Fuga, participaram do desafio na modalidade de 10 km. “Foi uma excelente corrida, o desafio já está no calendário da cooperativa. É muito bom ver as pessoas se dedicando, ver as ruas da cidade tomadas por corredores que superam seus limites. O evento foi um sucesso”.