Correio dos Campos

Avança candidatura do Brasil a sede do CoP-25

8 de outubro de 2018 às 10:27

VALOR ECONÔMICO/Ocepar – A candidatura do Brasil de sediar a conferência do clima de 2019, a CoP-25, deu um passo na arena internacional. A candidatura, apresentada pelo Brasil no ano passado, havia sido barrada dentro do grupo de países da América Latina e Caribe, o Grulac, onde deveria ser aprovada por todos os membros.

Oposição – A Venezuela se opunha, em retaliação ao distanciamento do governo brasileiro em relação ao regime de Nicolás Maduro nos últimos anos. A presidência do Grulac, agora exercida por Barbados, enviou carta na quinta-feira da semana passada ao secretariado da convenção do clima informando que não há objeções à candidatura brasileira.

Confirmação – A confirmação deve ocorrer na próxima reunião internacional do clima, a ser realizada na Polônia, em dezembro.

Itamaraty – Procurado pelo Valor, o Itamaraty não respondeu o contato para confirmar a informação até a conclusão desta edição. Mas, se na esfera internacional houve avanços, dentro do governo brasileiro há alguma apreensão com a candidatura, já que sua manutenção depende de quem se sagrar vencedor da eleição presidencial.

Bolsonaro – O candidato Jair Bolsonaro, do PSL, disse durante a campanha presidencial que, se eleito, o Brasil sairá do Acordo de Paris.